Narrativas contemporâneas na propaganda corporativa das empresas mineradoras transnacionais: elementos para a análise do “espírito” da mineração

Gabriela Scotto

Resumen


Este artigo toma como ponto de partida a premissa acerca da centralidade dos processos simbólicos
para compreender, não só as “mágicas” argumentativas que possibilitam às corporações transnacionais
mineradoras apresentarem suas práticas como “sustentáveis”, mas também, a própria lógica da
reprodução do capital na base da extração de recursos naturais finitos. Para avançar nessa direção, se
analisam os dispositivos imagéticos, em especial os audiovisuais, que compõem a chamada “propaganda
institucional” (ou “corporativa”) das empresas, com especial atenção para o caso da empresa brasileira
Vale. O artigo se divide em duas partes. Na primeira, se apresenta uma reflexão sobre o caráter dos filmes
publicitários das empresas mineradoras à luz da noção de “narrativas contemporâneas”, abordando
metodologicamente esses dispositivos como documentos para a análise do “espírito” da mineração. Na
segunda parte do texto, se sugerem algumas leituras das representações imagéticas e narrativas sobre
a “natureza” e o “desenvolvimento sustentável”, apontando a “alquimia discursiva” que possibilita a
uma empresa de mineração apresentar publicamente suas atividades como “sustentáveis”. O texto se
encerra como algumas considerações finais acerca dos desafios e limites que a propaganda corporativa e
a captura do desenvolvimento sustentável enfrentam, quando desastres ambientais ocorrem, “sujando a
imagem” das empresas, e reduzindo a capacidade do capitalismo produzir um deslocamento para conter
as críticas.


Palabras clave


Mineradoras transnacionais, propaganda corporativa, representações da natureza, mineração sustentável.

Texto completo:

PDF

Enlaces de Referencia

  • Por el momento, no existen enlaces de referencia




Copyright (c) 2018 Cuadernos del Instituto Nacional de Antropología y Pensamiento Latinoamericano



Los trabajos publicados en esta revista se encuentran bajo la Licencia  licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 


Revista Cuadernos del Instituto Nacional de Antropología y Pensamiento Latinoamericano

e-ISSN 2422-7749

Directora: Leonor Acuña

Editor Responsable: Lidia Chang

 Propietario: Instituto Nacional de Antropología y Pensamiento Latinoamericano.

3 de febrero 1378, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Buenos Aires (1419).
Tel: 54 11 4782-7251 / 4783-6554. [email protected]
https://revistas.inapl.gob.ar/index.php/cuadernos
https://inapl.cultura.gob.ar/

                          

                          Gmail             Instagram          Academia